06/09/2009

A quem chama mentirosos a Ministra da Saúde?

Era bom que a Ministra da Saúde viesse a terreiro dizer o que pretendeu dizer quando confrontada hoje com o assunto do Hospital de Seia, disse desconhecer "totalmente" que a mobília da unidade de cuidados continuados integrados de Seia tenha sido retirada dias depois da inauguração. Argumentando: "Custa-me acreditar que seja assim. Aquilo que se diz muitas vezes lá por Seia e pela Guarda muitas vezes não corresponde à verdade".

6 comentários:

O Micróbio II disse...

Mais uma que confunde a seriedade das gentes da beira Interior com a ...seriedade daqueles que nos governam... mas já sabemos que a "gentalha" deste governo não sabe o que significa "verdade"!

Ela que chame "mentirosa" quando se olha ao espelho!

Anónimo disse...

Essa sr.ª devia era ter a coragem de dizer a quem se está a referir com uma afirmação dessa natureza.Pelo teor da mesma dá para compreender que qualquer reinvindicação que seia faça em prol do hospital cairá em saco roto enquanto esta sr.ª lá estiver porque ela não acredira nas gentes da beira a quem chamou literalmente mentirosos. será essa sr.ª a verdade em pessoa?

Anónimo disse...

Essa sr.ª devia era ter a coragem de dizer a quem se está a referir com uma afirmação dessa natureza.Pelo teor da mesma dá para compreender que qualquer reinvindicação que seia faça em prol do hospital cairá em saco roto enquanto esta sr.ª lá estiver porque ela não acredira nas gentes da beira a quem chamou literalmente mentirosos. será essa sr.ª a verdade em pessoa?

Susana disse...

Olá Luís!

Estou à tua espera na Aldeia da minha vida. Tenho lá uma surpresa para ti! E vê lá se convidas os teus amigos a participar, para ganharem um almoço ou um jantar, quem sabe no dia da tua grande estreia!

Abraço, Susana

LS disse...

Olá Susana vou preparar um post para a tua iniciativa. Já agora, obrigado pelo destaque do filme no teu blogue. Prometo corresponder brevemente aqui no Oceano. Bjinhos

Anónimo disse...

Não fica bem a Sr,ª Ministra conectar as pessoas da guarda e de Seia como conectou com a sua afirmação perante o caso do Hospital de Seia.
Será que a nossa honra ignorará tal dito ?