09/03/2007

Maravilha n.º 6

Garganta de Loriga Fotografia: http://aesquinadotempo.nireblog.com

O belíssimo Vale de Loriga teve origem glaciar,tal como o Vale do Zêzere,este situado do lado oposto da Serra da Estrela.O mesmo glaciar,que se situava no planalto superior da serra,dividiu-se e rasgou estes dois vales,e outros vales menores e menos imponentes. Porém,os dois vales glaciares mais imponentes da Serra da Estrela são diferentes porque as condições geológicas são um pouco diferentes.Do lado de Loriga,o granito era mais compacto e sólido,pelo que os efeitos erosivos do glaciar foram diferentes. A massa compacta de duro granito dificultou a erosão ao Glaciar de Loriga. Assim,enquanto do lado de Manteigas o glaciar abriu o característico vale em U aberto,do lado de Loriga o gelo rasgou um vale mais estreito, deixando altos penhascos e encostas escarpadas,um cenário não menos espectacular.Devido a essas características,os menos eruditos acham que o Vale de Loriga não é um vale glaciar,ou pensam que a parte do glaciar que abriu este vale era menor que aquela que abriu o Vale do Zêzere. Outra característica do vale são as depressões em socalcos,onde outrora existiram lagoas,e que são conhecidas como covões.A maior dessas depressões teve aproveitamento hidrico considerável,a Barragem de Loriga.Por cima da Barragem de Loriga estão as Pistas de Esqui de Loriga,exactamente na àrea superior do Vale de Loriga,onde o glaciar começou a abri-lo.De referir uma outra depressão chamada Covão da Areia,e que se encontra na espectacular Garganta de Loriga.

4 comentários:

ljma disse...

Viva, boa ideia esta das maravilhas!
Se me dá licença, eu gostava de votar na maravilha nº 1 (ponte romana de Sandomil), na nº 2 (gravuras rupestres de Vide) e na nº 6 (garganta de Loriga). Mas maravilhas é o que não falta na serra e em redor dela.

O Micróbio II disse...

Diz lá que não é linda... :-)

Luis Silva disse...

é pois. se os comentários contassem esta já ia à frente:)

Anónimo disse...

Penso que a Garganta de Loriga só por si, é a maior maravilha do concelho, mas acho que o autor desta ideia da maravilhas deveria era enquadrar todo o conjunto no qual se insere a Garganta que é todo vale de Loriga, este conjunto não era só maravilha do concelho, mas poderia muito bem concorrer com as 7 maravilhas de Portugal.