24/03/2007

Para os meus amigos/as que gostam de andar de mochila às costas


Percursos pedestres na Serra da Estrela iniciam-se no dia 31 de Março
Inscrevam-se!!!

6 comentários:

ljma disse...

Touché! Obrigado pela informação, Luís Silva. Vou passá-la!

O Micróbio II disse...

Ora aí está uma infomação útil... hoje estou aqui com os pés todos moídos. Ontem, foram 30 km por serras e vales aqui no concelho da Guarda... para quem gosta da mochila às costas, anotem: Videmonte - Vila Soeiro pelo Vale do Mondego... impressionante!

ljma disse...

E eu andei lá perto, fui de manhã, com a patroa e os filhotes, até ao Caldeirão (mas de carro). Com os pequenos, o dia não deu para mais do que um curto passeio à beira d'água, mas já foi bom. O que mais me impressionou foram as árvores, os carvalhos e castanheiros bem antigos. Impressionante!

Luis Silva disse...

cá está a falta dos passeios em mini-bus, pelo menos quando chove:)

ljma disse...

Luís Silva, expliquei-me mal no post sobre a rota das maravilhas. Eu não acho má a ideia do minibus. Aliás, não sendo o tipo de coisas que mais me atraem, não as ponho de parte liminarmente. Uma visita guiada desse tipo, desde que acompanhada por um guia competente, pode ser extremamente compensadora.
O que acho é que a Serra da Estrela está naturalmente vocacionada, como terreno de montanha que é, para o turismo de natureza e de aventura, de descoberta. Não tenho dúvidas que, com o tempo, esse tipo de turismo se desenvolverá aqui, como se desenvolveu no estrangeiro, como se está a desenvolver, e em força, no Gerês. Para que esse desenvolvimento se dê, no entanto, é preciso que a serra se mantenha bem preservada, que as suas paisagens continuem atractivas. Estradas, hotéis e urbanizações por todo o lado é o oposto disso. Se queremos que os turistas saiam dos seus carros, temos que deixar algumas maravilhas inacessíveis aos carros.

Luis Silva disse...

Ljma o jornal que "ajudo" a fazer vai sair agora na primeira semana de Abril. O tema desta edição é o "Turismo na Serra da Estrela". Gostava de lhe enviar um exemplar, pois até agora pelos artigos de opinião que têm chegado, parece-me que há matéria para nos fazer pensar sobre o turismo na nossa região e até alguns contributos para se inovar e melhorar. Para o efeito envie-me uma morada para onde lhe deva enviar um jornal. O mail para onde deve enviar a morada é: jornal-partilha@portugalmail.pt