12/01/2010

O Estádio de Seia tem muito melhores condições que o da Covilhã

Ao blogue de Mário Jorge Branquinho fui buscar o seguinte texto:
Selecção de Futebol, para Seia e em força
"E se a selecção de Portugal, para se preparar para o Mundial da África do Sul viesse estagiar para Seia? Parece que Carlos Queiroz quer trazer a selecção para a altitude e já se sabe que será inevitável que a escolha venha a recair para a Covilhã. Tem Hotéis, estádio e força política e institucional. Todavia, não deveríamos baixar os braços e tentar trazer a selecção para este lado de cá, nem que seja por um dia, porque temos condições - Estádio, hotéis e equipamentos culturais de qualidade. Como se poderá a médio prazo trazer para cá a sede da Região de Turismo da Serra da Estrela, que agora se chama só Turismo Serra da Estrela (TSE).É que a Câmara da Covilhã, bem como o Fundão e outros Municípios não quiseram alinhar na nova configuração deste organismo turístico e ficaram de fora. Logo, não faz sentido que a sede da TSE esteja numa cidade que não pertence à instituição. Pode parecer tolice, mas é verdade. E sendo assim, Seia devia colocar já, de imediato, instalações à disposição do organismo dirigido por Jorge Patrão e ao qual pertence o senense José Belarmino Mendes. É nestas ocasiões que podemos fazer valer a ousadia, como a de tentar que a selecção venha ao menos um dia treinar ao estádio de Seia e fazer com que a comunicação social fale de nós e nos promova. Os craques podiam aproveitar para visitar os museus, o Cise e,… beber um copo na tasca das quatro Bicas!"
Admiro a oportunidade e o timing com que escreve e lança esta ideia e atrevo-me a lançar o desafio de se criar uma petição na internet para recolher o máximo de assinaturas possiveis para que isso venha a ser uma realidade. NÃO CUSTA NADA TENTAR ATÉ PORQUE O ESTÁDIO DO SEIA TEM MUITO MELHORES CONDIÇÕES QUE O DA COVILHÃ...e também cá temos onde alojar os nossos craques...
Por outro lado sendo este ano o ano da comemoração do centenário da Implantação da República, seria essa uma boa forma de trazer os jogadores da selecção à terra de Afonso Costa...

4 comentários:

O Micróbio II disse...

E porque não na cidade da Guarda que até está a mais altitude que Seia e Covilhã... e também temos hotéis (um deles até certificado na qualidade) e um campo de futebol magnífico! E já agora, não ficava nada mal que Seia prestasse vassalagem à sua capital de Distrito... :-)

Pinhas disse...

Durante o meu passeio habitual pela WWW, pude ver e ler que, Covilhã, Guarda e Seia querem tirar dividendos do estágio da nossa selecção. Mas só eles (selecção) podem decidir, e como diz alguém: "Quem tem unhas é que toca viola".
Penso que já está decidido, pelo menos o hotel está reservado.
A Covilhã, com neve sem neve, de uma forma ou de outra, estão no cimo da lista. Possivelmente por mérito próprio. Na comunicação social, quando se fala na Serra da Estrela, só se houve "Covilhã..." "...Covilhã" "...Covilhã...", política, conhecimentos, favores, etc. Podem dar os nomes que quiserem, os outros municípios, só não fazem o mesmo porque não querem.

Quanto a vassalagem, esse tempo já lá vai.
Há muitos anos mesmo, acho eu...

O Micróbio II disse...

Não te preocupes, Pinhas... se a selecção escolheu a Covilhã é porque de facto não está a pensar passar à segunda fase... e como a primeira fase se joga em cidades costeiras, a Covilhã é um óptimo sítio!

Xoupanense disse...

O primeiro erro de Queirós.
Na escolha do local de estágio, Queirós menospreza a HUMIDADE do ar que a equipa nacional vai encontrar nos primeiros jogos, na África do Sul.
E pior que isso, desconsidera a HUMIDADE associada à ALTITUDE…
Estarão, à partida, os portugueses limitados fisicamente nos seus jogos?
Basta perguntar às equipas que, nos últimos anos, têm jogado na Choupana (Nacional da Madeira)…

A alternativa não considerada:

http://www.youtube.com/watch?v=L7YJ2W28hIQ

Vamos ver…