16/12/2005

Um postal de Natal

Aproveitando a quadra que se aproxima, recebi hoje como prenda via e´mail, este postal de Natal. Este postal marca uma geração que se conheceu nos tempos da Faculdade e que jamais, senão na morte, nos deixaremos de ver e conviver. Na mitica cidade de Coimbra deixámos a nossa assinatura, no "Pratas", no "Quim dos ossos", na "Via Latina", no "Parque da cidade nas loucas noites de boémia e irreverencia estudantil das queimas das fitas, dos anos noventa", e, em tantos outros históricos locais conimbricenses. Foram 5 anos de conhecimento e convivios atrás de convivios, que ficarão para a eternidade de quem os viveu e partilhou connosco...Como dizia o poeta "Recordar é Viver" e estes postais fazem-nos viver ainda com mais intensidade. Apesar de há uma semana a esta parte termos estado a jantar aí em Coimbra, nunca é de mais desejar-vos votos de um FELIZ E SANTO NATAL.

"Raio de luar;
Noite calma e bela;
Um estudante a cantar;
sobre uma janela;
Que canto Coimbra;
Com notas sem fim;
Grandes como o amor;
Grandes como amor;
Que tenho por ti..."

3 comentários:

Ri.Ma. disse...

1 abraço

AV disse...

Amigo, desde já obrigado pelas participações frequentes no meu blog, é sempre bom ver-te por lá.
Boa sorte para essa tua nova aventura nos media portugueses.
Grande abraço.
Bons tempos, os de faculdade :))

Luis Silva disse...

Tanto o Ri.Ma. como o AV bem sabem do que estou a falar, ehehe